check close

Artenge Construtora

Você Conhece a Documentação Necessária para um Financiamento Imobiliário?
2019-10-22

Você Conhece a Documentação Necessária para um Financiamento Imobiliário?

Tem muita gente aproveitando as oportunidades que estão surgindo. Nunca tivemos taxas de juros tão baixas para financiamento, sem contar que a oferta de crédito está alta e diversos bancos abriram linhas de financiamento imobiliário.

Ao ter um crédito imobiliário aprovado, você pode adquirir seu imóvel de forma financiada. Inclusive você pode financiar um segundo imóvel, se isso não comprometer mais de 30% de sua renda.

Pesquise bem o imóvel que você pode adquirir. É possível comprar um apartamento de R$ 330 mil com uma renda familiar de aproximadamente R$ 7 mil. Existem programas de financiamentos de acordo com o perfil de consumidor, que vai depender de sua renda, valor da compra, tipo de imóvel, etc.

Mas fique atento com as despesas com documentação e os procedimentos burocráticos. Os financiamentos podem ser feitos em bancos públicos ou privados, e você pode pesquisar qual instituição possui a menor taxa de juros. Mas será preciso ter uma conta corrente, e ter relacionamento anterior com o banco não é uma exigência, mas facilita.

Além disso, você pode se encaixar em algum programa social ou linhas de crédito específicas, como Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e o pró-cotista do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
Haverão algumas etapas a serem seguidas, como entrega de documentação, análise de crédito, avaliação do imóvel, entrevista com o gerente, assinatura de contrato e registros em cartórios, variando de banco para banco. Ao comprar direto com a construtora, ela facilita e orienta nesses procedimentos.

Geralmente os documentos necessários para o financiamento são:

Comprador:
• CPF;
• RG;
• Certidão de nascimento ou de casamento;
• Comprovante de renda atualizado;
• Certidão conjunta de débitos de tributos federais.
• Extrato datado, carimbado, atualizado e original do FGTS, expedido por uma agência da Caixa Econômica Federal (se for usar o FGTS);
• Cópia de um comprovante de residência dos últimos três meses;
• Cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
• Cópia da última declaração do Imposto de Renda (IR);
• Se o comprovador for casado, serão necessários os documentos do cônjuge também, mesmo que não possua renda.

Imóvel:
• Matricula de Inteiro Teor e Certidão negativa de ônus reais, expedidas pelo Registro de Imóveis;
• Certidão negativa de IPTU;
• Registro de pagamento da Taxa de Cadastro e Avaliação;
• Habite-se;
• Projeto Arquitetônico;
• Opção de compra e venda preenchida;
• Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do engenheiro responsável pela obra.

É um processo burocrático que pode durar de 30 a 90 dias, mas você pode se planejar com antecedência para que ocorra tudo bem e o mais rápido possível.


Compartilhar

Comente

show Room